Relato do 1o semestre de 2019: Terceiros anos da EE Vicente Lopes Perez participam de oficina sobre circuitos elétricos com massinha de modelar e LEDs.

A equipe do “Tem Menina do Circuito”, à convite da profa. Jéssica Martins, professora de física da Escola Estadual Vicente Lopes Perez, realizou uma oficina-desafio sobre circuitos em série e paralelo no dia 10 de junho, destinada aos estudantes do terceiro ano do ensino médio da escola.

O objetivo pretendido da professora era iniciar as turmas no estudo do conteúdo sobre circuitos por meio de atividades práticas envolvendo materiais não tradicionais, presentes no dia a dia do aluno. A equipe do “Tem Menina Minas” queria adicionalmente provocar questionamentos sobre o assuntos das oficinas, além de coletar os conceitos prévios que por ventura os estudantes traziam consigo.

A atividade iniciou-se com a organização da turma em grupos de quatro pessoas e a entrega dos kits preparados pela equipe do “Tem Menina Minas”.

A pesquisadora da UFU, profa. Sorandra, propôs três desafios:

  • Como podemos acender uma lâmpada de led, utilizando massinha de modelar e uma bateria? Desenhe esses três itens nas situações em que a lâmpada acendeu e também naquelas em que ela não acendeu. Tente explicar por que o circuito funcionou e outros não.
  • Como podemos acender uma lâmpada de led, utilizando fitas de cobre e uma bateria? Desenhe esses três itens nas situações em que a lâmpada acendeu e também naquelas em que ela não acendeu. Tente explicar por que o circuito funcionou e outros não.
  • Agora coloque de duas à três lâmpadas na montagem do seu circuito elétrico. O que você observa? Explicar o que ocorre com o brilho da outra lâmpada do circuito caso uma delas fosse queimada ou desligada.

Os estudantes fazem as atividades propostas!

A seguir, os participantes registram as percepções e seu entendimento em formato de relatório. Inclusive eles desenharam o arranjo esperimental dando indícios de que entenderam os conceitos do fenômeno físico observado como por exemplo, condutor, gerador de energia, resistor, polaridade.

A equipe do Tem Menina deve voltar a escola após as aulas teóricas da professora Jéssica para desenvolvermos a mesma atividade para ter um espaço para expor as dúvidas e dificuldades e relacionar os conceitos com aplicações do dia a dia.

Relatos de campo: a nossa aventura com foguetes dos alunos do sexto ano da E.E. Professor Vicente Lopes Perez – Monte Carmelo – MG

A equipe do “Tem Menina no Circuito – Minas” juntou forças com os alunos da disciplina de Física 3 do curso de Engenharia de Agrimensura e Cartográfica da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), no campus Monte Carmelo, e a professora de Ciências Ana Paula Rodrigues na participação da 13a Mostra Brasileira de Foguetes. Os participantes foram crianças do 6o ano do ciclo fundamental II da Escola Estadual Professor Vicente Lopes Perez.

As atividades foram realizadas entre os dias 06 a 17 de maio de 2019, onde as crianças tiveram acesso, de forma lúdica, a informações que incentivam os alunos ao interesse na ciência, pesquisa e difusão de conhecimento. Essa parceria iniciou-se com aulas teórico-práticas de noções básicas de física sobre o funcionamento de foguetes.

Os discentes da universidade auxiliaram as crianças na construção e lançamento, fazendo testes junto:

Os alunos aproximaram do saber produzido no meio acadêmico das universidades e os estimulam a prosseguir em seus estudos. Além disso, os monitores universitários mostraram interesse em ajudar, cooperar e organizar o evento.

Chegou finalmente o dia de medir o alcance dos foguetes! Aproximadamente sessenta crianças, acompanhadas de membros do corpo docente da escola, se deslocaram até o campo de futebol do Clube Social Popular, onde lançaram os foguetes desenvolvidos pelas suas equipes. Além dos discentes da UFU, participaram da atividade discentes do curso de Ciências Biológicas da FUCAMP, vinculados ao programa de Residência Pedagógica, do qual a Profa. Ana Paula Rodrigues é professora preceptora.

Para comparar as medidas das trenas com um método mais preciso, a equipe do “Tem Menina” solicitou o empréstimo de uma Estação Total dos laboratórios didáticos da UFU. Isto permitiu que os discentes da Universidade usassem os conhecimentos adquiridos em um problema diferente daqueles propostos no ambiente formal das disciplinas cursadas.

Foi uma tarde inesquecível para todos. Nas palavras da profa. Ana Paula:

Foi empolgante ver o “brilho nos olhos” dos meus alunos quando seus foguetes eram lançados e percorrido grandes distâncias. A todo momento queriam saber o motivo do sucesso ou não de seus foguetes

Com esta atividade, o projeto de extensão “Tem Menina no Circuito – Minas” inicia sua parceria com a Escola Estadual Prof. Vicente Lopes Perez, que esperamos renda muitos frutos!

Profa. Ana Paula Rodrigues (E.E. Prof. Vicente Lopes Perez)

Sorandra Côrrea Lima (Instituto de Física – UFU)

Liliana Sanz de la Torre (Instituto de Física – UFU)

Tem Menina no Circuito Minas vai para a praça

O Tem Menina Minas levou uma oficina de circuitos com massinha para a praça Getúlio Vargas em Monte Carmelo, como parte das atividades programadas por professores da Campus da cidade da Universidade Federal de Uberlândia, mostrando para a sociedade a importância da continuidade de projetos de extensão nas universidades federais. Estas atividades estão atreladas aos protestos que se alastram à nível nacional, contra os cortes anunciados pelo Ministerio de Educação.

As familias curtiram ficar reunidas em torno a uma atividade que desperta curiosidade pela ciência. A elaboração dos circuitos em massinha e em papel provocam no participante perguntas que abrem a possibilidade de discussões sobre física. Educação nunca é demais para a comunidade.

Confira a galeria de fotos.

Tem Menina no Circuito – Minas se apresenta para as Escolas parceiras.

O mês de Abril marcou o inicio do “Tem Menina no Circuito – Minas” com a apresentação do projeto nas escolas participantes: a Escola Estadual Professor Vicente Lopez Perez e a Escola Estadual Gregoriano Canedo. A profa. Sorandra Côrrea de Lima levo também uma amostra das oficinas de circuitos com massinha de modelar.

Confira fotos do encontro!